O presidente da Famurs e prefeito de Rio dos Índios, Salmo Dias de Oliveira, participou, nesta segunda-feira (04/09), do lançamento do Plano de Saneamento Básico, no Palácio Piratini.

O presidente da Famurs e prefeito de Rio dos Índios, Salmo Dias de Oliveira, participou, nesta segunda-feira (04/09), do lançamento do Plano de Saneamento Básico, no Palácio Piratini. O projeto vai estabelecer as diretrizes e as ações prioritárias para o saneamento em todo o Rio Grande do Sul, levando em consideração a realidade e as peculiaridades de cada região e será desenvolvido ao longo de dois anos e abrangerá os quatro eixos do saneamento: abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos e drenagem de águas pluviais urbanas.

“O Plano de Saneamento vem ao encontro com o que a sociedade está pedindo hoje. Atualmente 170 cidades do Estado não são abastecidas pela Corsan, apenas 14% do esgoto produzido é coletado e tratado. Saneamento básico é um direito de todos”, afirmou o presidente da Famurs, Salmo Dias de Oliveira.

Saiba mais

Previsto na Lei nº 12.037, de dezembro de 2003, que dispõe sobre a Política Estadual de Saneamento, o Plano Estadual começou a ser elaborado em março de 2017 e deve ser concluído em fevereiro de 2019. O plano será um importante instrumento que abrangerá as zonas urbanas e rurais do Estado, possibilitando a criação de mecanismos de gestão pública de infraestrutura relacionada aos quatros eixos do saneamento básico: abastecimento de água, esgotamento sanitário, manejo de resíduos sólidos e drenagem e manejo de águas pluviais. São seis etapas de estudo e análise para garantir um documento com ações e diretrizes efetivas para a preservação do meio ambiente e da saúde pública.

Assessoria de Comunicação Social
(51) 3230.3150 / 99330.8399
[email protected]

Presidente da Famurs Salmo Dias de Oliveira

Informações da notícia

Data de publicação: 04/09/2017

Compartilhe!