A reunião serviu para que a Famurs apresentasse as principais pautas e metas da nova diretoria

O presidente da Famurs e prefeito de São Borja, Eduardo Bonotto, realizou na manhã desta quarta-feira (28/7) a primeira reunião institucional com o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS), Estilac Xavier. A reunião serviu para que a Famurs apresentasse as principais pautas e metas da nova diretoria. Bonotto ressaltou a importância da troca de informações entre as equipes técnicas da Famurs e do TCE-RS para o aprimoramento das gestões municipais. “A reunião foi importante para que a Famurs fortaleça o canal de diálogo entre os prefeitos e o TCE, aproveitamos também para encaminhar diversas demandas dos nossos prefeitos. Vamos trabalhar com harmonia e transparência para buscarmos os melhores resultados para os prefeitos gaúchos”, destacou Bonotto.

Durante o encontro online, a Famurs encaminhou ao Tribunal de Contas uma solicitação sobre a situação dos passivos atuariais, para que sejam considerados como despesas em educação e saúde. Eduardo Bonotto defende que o pagamento das despesas com os passivos seja incluído nos gastos exigidos pela Constituição. O presidente também detalhou que os prefeitos estão preocupados com o cumprimento dos índices a serem aplicados em educação e saúde diante das limitações impostas pela pandemia.

Conforme o coordenador-geral da Famurs, Salmo Dias de Oliveira, esta é uma preocupação da entidade para que os gestores tenham segurança no investimento dos recursos e consigam cumprir seus principais objetivos. “Esta é uma medida que reflete na vida dos moradores dos 497 municípios gaúchos, ou seja, com mais recursos será possível cuidar melhor das pessoas”, ressalta.

Também participaram da reunião o superintendente de Assuntos Municipais, Marcos Rogério dos Santos e a equipe jurídica da Famurs, Ana Paula Ziulkoski, Rodrigo Westphalen e Adroaldo Cavassola. Pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) participaram do encontro o chefe de Gabinete, Ricardo Superti; o diretor-geral, César Filomena, o assessor jurídico da Presidência, Álvaro Bischoff e o secretário da Presidência, Rodolfo Castro.

Confira em anexo o documento enviado pela Famurs:

 

 

Informações da notícia

Fonte: Voltaire Santos/ Famurs

Data de publicação: 28/07/2021

Créditos: Voltaire Santos/ Famurs

Créditos das Fotos: Guilherme Pedrotti

Compartilhe!