Esse foi o primeiro encontro da nova diretoria da CNM com o presidente da Câmara, que ocorreu na residência oficial em Brasília

O presidente da Famurs, Maneco Hassen, participou de reunião com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, em Brasília. Membro da diretoria da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Maneco Hassen, esteve ao lado do presidente da CNM, Paulo Ziulkoski no encontro.

Pautas como o repasse adicional de 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e o parcelamento das dívidas previdenciárias estiveram entre os destaques da reunião.

Esse foi o primeiro encontro da nova diretoria da CNM com o presidente da Câmara, que ocorreu na residência oficial em Brasília.

Para o presidente da Famurs e membro da diretoria da CNM, Maneco Hassen, é muito importante os municípios terem um canal aberto de diálogo com a presidência da Câmara dos Deputados. “Os municípios estão tendo ao longo dos anos um grande aumento em suas responsabilidades. Tivemos o agravamento de muitas dificuldades em nossos municípios e precisamos cobrar uma contrapartida justa da União. Nossa ideia é estabelecer um diálogo permanente com a Câmara dos Deputados para que possamos com muita responsabilidade atender com agilidade as demandas que chegam dos municípios, através de suas federações”, ressalta Maneco Hassen.

Para a CNM, a crise na saúde ficou inviável para os Municípios honrarem inúmeros compromissos, dentre eles, o pagamento de dívidas previdenciárias. Nesse sentido, a CNM pediu o avanço da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 15/2021, que prevê o reparcelamento das dívidas previdenciárias.

Conforme a estimativa feita pela Confederação, os Entes municipais possuem débitos na ordem de R$ 103 bilhões junto ao Regime Geral de Previdência Social (RGPS), bem como endividamento de um grupo significativo de Municípios com os Regimes Próprio de Previdência Social (RPPS).

Informações da notícia

Fonte: Voltaire Santos/ Famurs com informações da CNM

Data de publicação: 06/07/2021

Créditos das Fotos: CNM

Compartilhe!