Representando o presidente da Famurs, Eduardo Bonotto, o prefeito de Guaíba, Marcelo Maranata colocou a entidade à disposição de todos os prefeitos da AMVAT durante o seu discurso

O Vice-presidente da Famurs e prefeito de Guaíba, Marcelo Maranata, participou na noite desta quinta-feira (26.11) do jantar comemorativo de aniversário dos 60 anos da Associação dos Municípios do Vale do Taquari (AMVAT), em Encantado. O evento contou com a participação do secretário de Desenvolvimento Econômico do RS, Edson Brum, do presidente da Confederação Nacional dos Municípios, Paulo Ziulkoski e de representantes dos 38 municípios que formam a AMVAT.

Representando o presidente da Famurs, Eduardo Bonotto, o prefeito de Guaíba, Marcelo Maranata colocou a entidade à disposição de todos os prefeitos da AMVAT durante o seu discurso. “Quem defende o município, defende o morador de cada cidade. Este é o nosso lema atual na diretoria da Famurs. O nosso presidente Bonotto tem lutado e atuado de forma incansável. Já qualificamos quase 4 mil servidores na Escola Famurs neste processo de retomada. A atual diretoria da Famurs também foi fundamental na busca pelo retorno presencial dos alunos em sala de aula, nossa campanha foi destaque de forma espontânea em toda a imprensa e esse movimento ajudou no retorno dos nossos alunos para a sala de aula. Nos próximos dias também teremos um grande anúncio na área da saúde. Após muitos anos, estamos resgatando os créditos que tínhamos do Governo do Estado. São valores de 2014 a 2018, não empenhados na área da Saúde junto aos nossos municípios. E essa conquista tem a marca da Famurs, a marca da nossa atual diretoria que mantém as portas abertas para que os prefeitos possam melhorar a vida dos seus moradores”, ressaltou o Vice-presidente da Famurs e prefeito de Guaíba, Marcelo Maranata.

O secretário de Desenvolvimento Econômico do RS, Edson Brum, ressaltou o poder que a união dos prefeitos da AMVAT possui para o desenvolvimento da região. “É importante a gente registrar a história da AMVAT. Tudo o que acontecer nesta região nos últimos 60 anos teve a participação da AMVAT. A união destes prefeitos é responsável por diversas obras e transformações da região. Somos municípios associados e trabalhamos para promover o desenvolvimento do Vale. Com uma economia diversificada, a agropecuária é uma das principais atividades. Somos ricos em belezas naturais, estamos despertando para o turismo, atraindo visitantes de todo o país, com diversos roteiros atraentes.  Temos história, temos presente e um grande futuro”, reforçou o secretário de Desenvolvimento Econômico do RS, Edson Brum.

O presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, aproveitou o seu discurso para alertar os prefeitos sobre as pautas municipalistas que estão tramitando no Congresso. “A Confederação Nacional de Municípios (CNM), em nome do movimento municipalista, vem a público manifestar indignação com a aprovação, pelo Senado Federal, do Projeto de Lei (PL) 2.564/2020 com a retirada da emenda 2, apresentada pelo senador Wellington Fagundes (PL-MT). A CNM reforça a necessidade de valorização dessas carreiras, mas destaca que, como aprovado, a partir de acordo entre senadores e governo federal para eximir a União da sua corresponsabilidade no custeio da Saúde, o projeto leva a já frágil situação fiscal dos Municípios ao colapso imediato. Mais uma vez o Senado se alia ao Executivo federal e impõe proibitivo custo aos Entes Federados, sem qualquer análise acerca da fonte de recurso para a obrigação, demonstrando que a Casa da Federação neste ato desequilibra o pacto federativo. A entidade alerta que o piso salarial nacional do enfermeiro, do técnico de enfermagem, do auxiliar de enfermagem e da parteira trará um impacto direto imediato às gestões Municipais de R$ 20 bilhões ao ano", disse o presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski.

presidente da Associação dos Municípios do Vale do Taquari (AMVAT), prefeito de Santa Clara do Sul, Paulo Kohlrausch, agradeceu a presença dos prefeitos. “Estamos aqui para trabalhar na melhoria da qualidade de vida para a nossa população”, destacou o presidente da Associação dos Municípios do Vale do Taquari (AMVAT), prefeito de Santa Clara do Sul, Paulo Kohlrausch.

Ao final do encontro, os prefeitos foram homenageados com a entrega de troféus e encerram as atividades com um jantar.

Mais informações sobre a AMVAT:

Fundada no dia 4 de novembro de 1961, a Associação dos Municípios do Vale do Taquari (AMVAT), entidade que congrega 38 municípios, completou 60 anos de história em defesa dos municípios e do Vale do Taquari. Com localização estratégica no Estado, O Vale do Taquari cresce e se desenvolve com o trabalho de sua gente. Entidade representativa dos municípios, a Associação dos Municípios do Vale do Taquari (AMVAT) conta com 38 associados e trabalha para promover o desenvolvimento do Vale como um todo, em conjunto com as demais entidades, visando a execução de projetos de interesse regional, que resultem na melhoria da qualidade de vida para sua população.  A região fica em média 150 quilômetros de Porto Alegre. Os 38 municípios ocupam uma área de 5.841,90 km2 (2,07% da área do Estado do Rio Grande do Sul), com uma população estimada de  443.436 habitantes. Os orçamentos municipais, neste ano de 2021, totalizam em R$ 1,913 bilhão. Já o Produto Interno Bruto (PIB) chegou a R$ 17,7 bilhões em 2018,  de acordo com o Departamento de Economia e Estatística do RS. O PIB dos municípios corresponde a 3,88% do PIB Gaúcho.

Informações da notícia

Fonte: Voltaire Santos/Famurs

Data de publicação: 26/11/2021

Créditos: Voltaire Santos/ Famurs

Créditos das Fotos: Chico/ Revista em Evidência

Compartilhe!