Pedido de reajuste de 45% nos valores previstos para 2022 surge a partir de levantamento realizado pela Câmara Temática da Educação e área técnica de Receitas Municipais da Famurs

Em reunião com o secretário-chefe da Casa Civil, Artur Lemos, o presidente da Famurs e prefeito de São Borja, Eduardo Bonotto, solicitou que o governo do Estado faça a readequação do valor previsto para o Programa Estadual de Apoio ao Transporte Escolar (PEATE) em 2022. O pedido, realizado na tarde de quarta-feira (14/12), parte do trabalho realizado pela Câmara Temática de Educação da Famurs, presidida pelo prefeito de Nova Santa Rita, Rodrigo Battistella, em conjunto com a área técnica de Receitas Municipais da entidade.

A solicitação é de um reajuste de 45% nos valores previstos para o próximo ano, em virtude do aumento de custos de gasolina, óleo diesel e manutenção. Conforme levantamento do setor de pesquisa da Famurs, de janeiro de 2020 a novembro de 2021, houve crescimento no valor do combustível de 48,5% e 42,4%, respectivamente, além da inflação medida pelo IGP-M, que está acumulada em 39,9%.

“Passamos por um período de pandemia e as aulas foram retomadas neste último semestre, porém a perspectiva é que tudo retorno à normalidade no próximo ano. A preocupação dos nossos gestores é com o aumento dos preços, inviabilizando o serviço”, justificou Bonotto.

Informações da notícia

Data de publicação: 15/12/2021

Créditos: Ellen Renner

Créditos das Fotos: Guilherme Pedrotti

Compartilhe!