Segundo o vice-presidente do Sindicato, Fábio Castro, atualmente na Polícia Civil RS, 83 servidores estão afastados. Desde o início da pandemia, já foram contabilizados mais de 800 casos no estado.

O presidente da Famurs, Maneco Hassen, esteve reunido nesta terça-feira (23/3) com o Sindicato dos Escrivães, Inspetores e Investigadores de Polícia - RS (UGEIRM). O encontro virtual teve o objetivo de tratar da inclusão dos profissionais da segurança pública nas faixas prioritárias do Plano Nacional de Imunização (PNI) contra a covid-19.
Segundo o vice-presidente do Sindicato, Fábio Castro, atualmente na Polícia Civil RS, 83 servidores estão afastados. Desde o início da pandemia, já foram contabilizados mais de 800 casos no estado. “A testagem prossegue, o que significa que os números aumentarão”, alertou.
Mesmo já tendo feito o pedido na última reunião com o governador Eduardo Leite, realizada na sexta-feira (19/3), a Famurs irá reforçar a solicitação de incluir os profissionais nos grupos prioritários da vacinação, através de ofício ao governo do Estado, pois entende que os servidores públicos estão atuando na linha de frente e precisam de contato social para desempenharem o trabalho de proteger as comunidades e atuar na fiscalização para cumprimento dos protocolos.
Também participou do encontro virtual o diretor financeiro do UGEIRM, Cláudio Wollfarht.

Informações da notícia

Data de publicação: 23/03/2021

Créditos: Ellen Renner

Compartilhe!