A Famurs deliberou em Assembleia Geral, realizada com os prefeitos eleitos para a gestão 2021/2024 na tarde de quarta-feira (13/1), que irá negociar com a Emater o reajuste dos contratos com os municípios gaúchos.

A Famurs deliberou em Assembleia Geral, realizada com os prefeitos eleitos para a gestão 2021/2024 na tarde de quarta-feira (13/1), que irá negociar com a Emater o reajuste dos contratos com os municípios gaúchos. A Federação irá emitir um ofício solicitando que não haja reajuste nas cotas.

A Famurs esclarece que entende a relevância dos serviços prestados pela Emater, que resulta no desenvolvimento socioeconômico em muitos municípios gaúchos, mas compreende que em virtude da crise causada pela pandemia de covid-19 e agravada pela estiagem no RS, não é justificável a Associação pedir um reajuste de 7,3% nos contratos.

“Na nossa opinião, não é ano de se fazer aumento de nada”, frisou o presidente da Famurs, Maneco Hassen, que também anunciou que a Federação não fará reajuste na contribuição dos municípios.

Informações da notícia

Data de publicação: 14/01/2021

Créditos: Ellen Renner

Créditos das Fotos: Voltaire Santos

Compartilhe!